Programa de inovação aberta Digital Agro Connection está com inscrições abertas para startups

Notícias
Iniciativa é promovida pela Frísia Cooperativa Agroindustrial, que pretende buscar soluções inovadoras para sua produção por meio da conexão com startups que atuem na cadeia do agronegócio
Imagem sobre Programa de inovação aberta Digital Agro Connection está com inscrições abertas para startups

Por entender a importância de buscar soluções inovadoras para sua cadeia produtiva, a Frísia Cooperativa Industrial realiza a segunda edição do programa de inovação aberta Digital Agro Connection, com apoio do Senai no Paraná. Com essa iniciativa, a cooperativa pretende selecionar AgTechs e outras startups, para desenvolver projetos inovadores com soluções e novos negócios nas áreas de transformação digital e indústria 4.0. Neste ano, a Frísia conta novamente com apoio da Aceleradora Sistema Fiep, que está dando continuidade ao trabalho de consultoria desenvolvido desde o ano passado, para a promoção da primeira edição do programa. As inscrições para startups estão abertas até o dia 4 de junho.

“Esperamos repetir os mesmos resultados obtidos no ano passado, quando o Senai deu início a esse trabalho junto à Frísia. Por meio da Aceleradora Sistema Fiep, estamos oferecendo todo o auxílio necessário para a captação de startups, além de suporte para que a cooperativa tenha amplas condições de se conectar com o ecossistema de inovação e atingir seu objetivo de melhor a produtividade por meio de soluções inovadoras”, comenta Mário Calzavara, consultor de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação do Sistema Fiep.

No ano passado, foram selecionadas cinco Agtechs dentre um total de 70 startups inscritas. “Depois das inscrições, 12 startups pré-selecionadas participaram de um evento de pitch e aí escolhemos cinco, que, inclusive, continuam trabalhando com a Frísia até hoje, seja em processo de validação de Prova de Conceito (POC) ou assinando contratos de parceria. Esses resultados só foram possíveis com o apoio do Senai, que nos auxiliou com a metodologia de implantação do programa de inovação aberta, além de nos dar suporte com a captação de startups”, afirma Fábio Solano Baptista, analista de Estratégia e Inovação da Frísia.

Para 2021, a expectativa da Frísia é poder se conectar a outras startups, que ofereçam plataformas e tecnologias que sejam úteis para os produtores rurais atendidos pela cooperativa. “Para a Frísia, é muito importante ter um programa de inovação aberta como esse, para que a cooperativa consiga se conectar pessoas e equipes que estão trabalhando com tecnologia de ponta, para que a gente consiga entregar para o produtor rural e para as indústrias uma produção mais sustentável. Desta forma, além de conseguirmos trazer uma nova visão, por meio de pessoas com outras culturas e outros conhecimentos, para dentro da cooperativa, também contribuímos com o ecossistema de inovação, para a validação dessas tecnologias, mostrando que elas são viáveis”, completa Fábio.

O analista ainda explica que o Digital Agro Connection surgiu a partir da percepção da necessidade de se aproximar de projetos e empresas inovadoras. “A Digital Agro, passa a ser mais que um evento de inovação, para incorporar um programa com várias frentes de atuação inovadoras. Uma dessas frentes é o Digital Agro Connection, da qual estreita o relacionamento entre a cooperativa, os cooperados e o ecossistema de inovação como um todo”, completa. Ao todo, a Frísia conta com mais de 900 cooperados e está presente em mais de 18 municípios do Paraná e no Tocantins, contemplando um faturamento de R$ 3,7 bilhões em 2020.

O regulamento completo do programa está disponível pelo site do Digital Agro Connection, no qual também podem ser feitas as inscrições. Para apoiar as indústrias paranaenses na conexão com startups e o ecossistema de inovação como um todo, o Sistema Fiep, por meio do Senai no Paraná, oferece ações de gestão de inovação, programas de aceleração e consultorias de produtividade, entre outros serviços.