Mentoria do Senai auxilia indústrias a aumentarem produtividade e reduzirem desperdício com baixo investimento

Notícias
Iniciativa faz parte do programa Brasil Mais e pode beneficiar indústrias de diferentes portes que desejam se reinventar e evitar prejuízos na pandemia
Imagem sobre Mentoria do Senai auxilia indústrias a aumentarem produtividade e reduzirem desperdício com baixo investimento

Em meio à pandemia de COVID-19, reduzir o desperdício e garantir melhores resultados na produção se tornou ainda mais importante para indústrias de todos os portes, que precisam encontrar formas de se reinventar e evitar prejuízos. Neste contexto, as tomadas de decisão devem ser ainda mais ágeis e assertivas e, por isso, o Senai no Paraná oferece um novo programa de mentoria lean (produção enxuta) para auxiliar as indústrias a encontrarem soluções que se adaptem às suas realidades. Em todo o Brasil, a estimativa é que 46,8 mil indústrias sejam impactadas pelo programa - no Paraná, a meta é atender 3 mil empresas.

Desenvolvido pelo governo federal em conjunto com a Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), o programa Brasil Mais conta com a parceria do Senai e do Sebrae. “Voltado a indústrias de diferentes setores, de pequeno a grande porte, o programa tem como objetivo alcançar resultados práticos e de curto prazo, com um baixo custo. Essa já era uma necessidade das indústrias, mas se tornou ainda mais urgente neste momento. Com a pandemia, a mentoria lean do Senai pode ser uma grande aliada para otimizar recursos, tanto humanos quanto materiais, proporcionando um ganho de produtividade com redução de custos. Além disso, o lean é interessante por ser uma etapa inicial da indústria 4.0, preparando as empresas para se adaptarem às necessidades do futuro no setor”, explica Felipe Couto, gerente de Inovação e Produtividade do Sistema Fiep.

Quem já participou de programas anteriores de produção enxuta e transformação digital oferecidos pelo Senai garante que os resultados obtidos por meio do aprendizado proveniente da mentoria são duradouros e realmente fazem a diferença na cadeia produtiva das indústrias. É o caso de Luciana Bechara, proprietária da confecção Be Little, de Pinhais, que participou do programa Brasil Mais Produtivo em 2018. “Ainda que tenha se passado mais de um ano e meio desde o final da consultoria, continuamos utilizando todas as estratégias que aprendemos na época por terem se mostrado bastante assertivas e contribuído para redução de desperdício e custos na fábrica. Tudo o que aprendemos serviu para dar mais agilidade e facilidade no momento da produção”, afirma.

No caso da Be Little, a mentoria de lean manufacturing auxiliou a indústria a organizar melhor sua linha de produção e resolver gargalos que faziam com que houvesse menor produtividade e mais desperdício de materiais e verbas. “Antes, a gente sempre tinha muito estoque e este foi um dos principais erros que a consultoria apontou. Com isso, a gente reduziu drasticamente nosso estoque, com uma diminuição de cerca de 90%. Chegamos a ter estoque de quatro ou cinco toneladas de tecido e aviamentos, agora temos no máximo 200 ou 300 quilos. Essa mudança significou uma grande economia de dinheiro e também um ganho de produtividade importante”, conta a empresária. Além disso, a indústria também passou por um processo de organização de fluxos, para ter produção mais uniforme e controlada, com o desenvolvimento de modelos similares, com adaptação de materiais para usar o mínimo de variedade possível, “sem perder o estilo e a qualidade”, entre outras ações.

Como funciona o programa

O programa de mentoria tem duração de dois meses e é voltado a indústrias de diversos segmentos, podendo ser contratado por empresas que tenham de 11 a 499 funcionários. O Brasil Mais contempla atividades de capacitação que envolvem três colaboradores da indústria e consultoria num total de 64 horas. Existem também módulos de treinamento em que são reunidas outras empresas, permitindo a troca de experiências entre os participantes e consolidando o aprendizado ao se discutir realidades de diferentes setores. O investimento é acessível às empresas e a maior parte do programa é subsidiada.

As inscrições estão abertas e podem ser realizadas aqui.