Sobre a
chamada

Serão R$ 6.250.000,00 milhões em investimentos.
Inscreva sua empresa!

A Nestlé Brasil, SENAI Nacional e SENAI Paraná convidam:
  • Institutos SENAI de Inovação
  • Institutos de Ciência e Tecnologia – ICT’s e Universidades, públicos ou privados
  • Empresas da Cadeia de Valor do Setor
  • Pequenas e Médias Empresas
  • Startups e Empresas de Base Tecnológica
  • Agências de Fomento para projetos de P&D+I
Todos voltados para a elevação do desenvolvimento da sustentabilidade regenerativa, circularidade e energias renováveis, por meio de novas aplicações das cadeias produtivas estratégicas do cacau, do leite e do café.
Os projetos terão apoio financeiro e econômico não reembolsável e serão executados pelas instituições proponentes.
Confira abaixo e inscreva sua empresa!

Como
funciona

Etapas de inscrição e seleção

Lançamento do projeto

07 DEZ 2023

Submissão dos projetos

08 JAN à 04 ABR 2024

Avaliação documental

06 ABR à 06 MAI 2024

Avaliação final

21 MAI à 24 MAI 2024

Publicação de resultados

29 MAI

Desafios

Confira os desafios temáticos

Infraestrutura sustentável de reciclagem para uma economia circular

Inovações e alianças, que impulsionem a infraestrutura de reciclagem para diversos materiais.

Mensuração de carbono da Agricultura Regenerativa e florestas nativas nas Fazendas de Leite

Soluções relacionadas ao sequestro de carbono na agricultura regenerativa e das florestas nativas.

Redução da pegada de carbono na cadeia de cacau

Soluções para problemas relacionados ao sequestro e redução da pegada de carbono.

Agricultura regenerativa na cadeia de café

Tecnologias para verificar e monitorar práticas agrícolas.

Inovação em sustentabilidade energética e eficiência

Soluções inovadoras que promovam a transição para uma matriz energética sustentável e eficiente.

Recursos
aportados

Confira o valor e fonte
dos recursos para a chamada

As Instituições Proponentes podem contar com até R$ 6.250.000,00 (seis milhões, duzentos e cinquenta mil reais), a serem aplicados na execução de projetos na formação de Alianças conforme o quadro abaixo:
FONTES DE FOMENTO
Financeiro Econômico Valor total do projeto
Nestlé Senai (nacional)* Senai (regional)*
R$ 5.000.000,00 R$ 625.000,00 R$ 625.000,00 R$ 6.250.000,00
*Valor disponibilizados APENAS quando houver Institutos da Rede SENAI de Inovação e Tecnologia envolvidos no projeto.
Recurso Financeiro: são despesas com aquisições e contratações realizados diretamente para execução das atividades.
Recurso Econômico: são recursos materiais como: horas máquinas, instalações já existentes e horas técnicas da equipe do Senai PR, alocados diretamente para execução das atividades.

Contrapartida

A contrapartida mínima das instituições proponentes será de 10% (dez por cento) sobre o valor total da proposta de projeto apresentada, podendo ser de caráter financeiro ou econômico a depender do tipo de proponente, conforme quadro a seguir:
Parceiros da Aliança Tipo de Contrapartida
Instituto Senai de Inovação (ISI) ou Instituto Senai de Tecnologia (IST) Financeira e/ou Econômica
Empresas da Cadeia de Valor do setor de alimentos e bebidas Financeira e/ou Econômica
(ICTs) e Universidades Financeira e/ou Econômica
Startups e empresas de Base Tecnológica Financeira e/ou Econômica
Empresas de Grande, Médio e Pequeno porte Financeira e/ou Econômica
Agências de Fomento  Financeira 

Anexos

Documentos complementares

Lives

Acesse abaixo as gravações das transmissões ao vivo abordando os Desafios Temáticos, disponíveis em nosso canal do YouTube:

Tire suas
dúvidas

Veja as perguntas mais frequentes

1. Do que se trata esse edital?
O edital “Inovação em Alimentos: Transformando o Futuro do Sistema Alimentar” visa impulsionar projetos inovadores em agricultura regenerativa, circularidade e energias renováveis, com foco nas cadeias produtivas do cacau, leite e café, de modo a aumentar a produtividade, sem perder de vista o cuidado com o planeta.
2. Quem são os idealizadores?
A Nestlé Brasil e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, Senai.
3. Quem pode participar da chamada?
A chamada tem como público-alvo Institutos Senai de Inovação, Institutos de Ciência e Tecnologia – ICT’s e universidades (públicas ou privadas), empresas da cadeia de valor do setor de alimentos e bebidas, pequenas e médias e grandes empresas, startups, empresas de base tecnológica e agências de fomento para projetos de P&D+I, com CNPJ ativo, interessados no desenvolvimento de projetos relacionados aos desafios temáticos apresentados.
4. Quais são os principais desafios das três categorias?
Em agricultura regenerativa são:
  • reflorestamento sustentável na cadeia leiteira (inovações que acelerem e/ou monitorem o processo de reflorestamento);
  • redução da pegada de carbono na cadeia do cacau (soluções para problemas relacionados ao sequestro e redução da pegada de carbono);
  • agricultura regenerativa na cadeia do café (tecnologias para verificar e monitorar práticas agrícolas).
Em energias renováveis estamos falando basicamente de soluções inovadoras que promovam a transição para uma matriz energética sustentável e eficiente.
E em circularidade, inovações e alianças que impulsionem a infraestrutura de reciclagem para diversos materiais, promovendo a inclusão social e conectando diferentes setores para atuarem nos desafios do pós-consumo.
5. Por que esses foram os temas selecionados para os desafios temáticos?
Os temas selecionados estão diretamente atrelados aos desafios globais, desdobrados para a esfera nacional, da Nestlé para alcançar um sistema alimentar regenerativo. No Brasil, por exemplo, a companhia tem o compromisso de obter 30% das principais matérias-primas por meio de propriedades que apliquem práticas regenerativas, até 2025. Por isso, a agricultura regenerativa é um dos desafios.
Os compromissos atrelados à circularidade, até 2025, são de reciclar o equivalente a todo o plástico inserido no mercado anualmente; reduzir 1/3 do plástico virgem de todas as embalagens; e ter 100% das embalagens desenhadas para serem recicladas e/ou reutilizadas.
Por fim, como metas globais, a Nestlé visa reduzir 20% das emissões de CO2 na atmosfera, até 2025; 50% até 2030; e ser net zero, até 2050. As ações voltadas para agricultura regenerativa e circularidade já contribuirão bastante para a redução de CO2, mas ainda assim serão necessários esforços voltados para a energia, por isso o fomento à energia renovável.
6. Como é feita a formação de alianças?
As alianças poderão ser formadas entre Instituto Senai de Inovação (ISI) ou Instituto Senai de Tecnologia (IST), Empresas da Cadeia de Valor do setor de alimentos e bebidas, (ICTs) e Universidades, Startups e empresas de Base Tecnológica, Empresas de Grande, Médio e Pequeno porte e Agências de Fomento.
7. Qual o valor do aporte?
O aporte será de R$ 6,25 milhões, sendo R$ 5 milhões da Nestlé e R$ 1,25 milhão do Senai.
8. Como será a distribuição do montante do edital?

A chamada não estabelece limites de valores por projeto para as propostas apresentadas. No entanto, é importante observar que o valor máximo de subvenção está fixado em até R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais), correspondente ao montante aportado pela Nestlé. Proponentes cujos projetos ultrapassem esse valor devem viabilizar recursos complementares. 

Além disso, é importante destacar que projetos que não envolvam a participação de um Instituto Senai de Tecnologia ou Inovação não serão contemplados com recursos do Senai Nacional ou Senai Regional. Em outras palavras, a colaboração desses institutos é condição indispensável para o recebimento de recursos do Senai. 

9. Quem pode submeter projetos como proponente?
Instituto Senai de Inovação (ISI) ou Instituto Senai de Tecnologia (IST), Empresas da Cadeia de Valor do setor de alimentos e bebidas, (ICTs) e Universidades, Startups e empresas de Base Tecnológica, Empresas de Grande, Médio e Pequeno porte. Entretanto, apenas projetos submetidos em parceria com Instituto Senai de Inovação (ISI) ou Instituto Senai de Tecnologia (IST), poderão solicitar o recurso adicional do SENAI.
10. Posso inscrever meus projetos até quando?
Desenvolvimento das alianças e submissão das propostas de projetos, de 8 de janeiro a 4 de abril de 2024.
11. É possível enviar projetos para formação sem a participação de um Instituto Senai de Inovação?
Sim, a chamada permite que o proponente possa formar uma aliança e enviar um projeto sem a participação de um Instituto Senai de Inovação, entretanto, apenas as propostas submetidas em parceria com ISI ou IST, poderão contar com os recursos do Senai Nacional ou Senai Regional. 
12. Uma empresa ou Instituto Senai, pode submeter mais de um projeto?

Não há limitação no número de projetos submetidos. É possível inclusive, submeter mais de um projeto para o mesmo desafio. 

13. Quais aspectos/itens as propostas de projetos devem abordar?
Necessariamente, as propostas devem contemplar os seguintes pontos:
  • Descrição da solução voltada aos desafios propostos na Missão;
  • Detalhamento das fontes e usos de recursos necessários para desenvolvimento da solução (financeiros e econômicos);
  • Proposta da tecnologia a ser desenvolvida (desafio tecnológico);
  • Proposta da aplicabilidade, relevância e originalidade da solução;
  • Proposta de resultados esperados da solução/projeto/resultados financeiros e econômicos/técnico científico;
  • Proposta de desdobramentos / próximos passos após a conclusão do projeto sugerido;
  • Descrição do Capital Humano envolvido na proposta (pessoas, experiência profissional e acadêmica, entre outras informações relevantes);
  • Declaração de como o projeto é disruptivo e pode gerar valor, novos modelos de negócios e oportunidades para a Nestlé.
14. Quais serão os critérios de avaliação?
As avaliações levarão em conta os seguintes aspectos:
  • Viabilidade da Aplicação da Solução na Nestlé;
  • Execução e Aplicabilidade do Projeto;
  • Escopo, Metodologia e Cronograma;
  • Originalidade e Potencial de Inovação;
  • Capacidade Técnica;
  • Razoabilidade dos Custos.
15. As empresas parceiras precisam aportar recursos de contrapartida?

Para envio de propostas é obrigatório o aporte de 10% de contrapartida podendo ser financeiro ou econômico de acordo com o tipo do proponente.

As normativas seguem a planilha abaixo:

Parceiros da Aliança Tipo de Contrapartida
Instituto Senai de Inovação (ISI) ou Instituto Senai de Tecnologia (IST) Financeira e/ou Econômica 
Empresas da Cadeia de Valor do setor de alimentos e bebidas Financeira e/ou Econômica
(ICTs) e Universidades Financeira e/ou Econômica
Startups e empresas de Base Tecnológica Financeira e/ou Econômica
Empresas de Grande, Médio e Pequeno porte  Financeira e/ou Econômica 
Agências de Fomento  Financeira
16. Os projetos vencedores serão implementados?
Não necessariamente. Não há obrigação, por parte da Nestlé e do Senai, de implementação dos projetos.
17. Uma vez aprovados, qual será o prazo de implementação dos projetos?
O prazo máximo para execução dos projetos será de 36 (trinta e seis) meses, a partir da data de assinatura do Contrato de Desenvolvimento de Trabalho Técnico e Científico. Os projetos terão uma avaliação de acordo com as macros entregas estabelecidas na proposta técnica, conforme cronograma de cada projeto onde os objetivos intermediários definidos na Proposta serão avaliados pela Nestlé.
18. Se for algo inédito, a Nestlé pode patentear a ideia?
Sim, existe a possibilidade. Caso haja essa necessidade, as decisões de coautoria e royalties em registros de patentes, desenhos industriais, ou qualquer outro resultado dos projetos executados pelas Alianças aprovadas nessa Missão deverão seguir a proporcionalidade dos investimentos realizados pelas partes ou outra razão, desde que previamente negociado entre as partes. Os custos do processo de PI poderão ser previstos no Projeto.

Transforme o futuro
do sistema alimentar

Inscreva-se

DúvidasEntre em contato

Realização