• HOME
  • >
  • Notícias
  • >
  • Boas práticas da educação profissional brasileira são levadas a países emergentes

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo!






Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo!




DESENVOLVIMENTO29/11/2017

Boas práticas da educação profissional brasileira são levadas a países emergentes

Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), em parceria com a agência LuxDev, compartilha referências de educação, indústrias e tecnologia com nações em desenvolvimento

Na última semana, representantes do Sistema FIEP realizaram em Dakar, no Senegal, uma formação sobre boas práticas de gestão de unidades de educação profissional e sobre a importância da indústria para o desenvolvimento em países emergentes. O encontro, que envolveu líderes locais e diretores de escolas, teve o objetivo de fomentar o desenvolvimento de novos modelos de gestão e organização, baseado na experiência do Sistema FIEP e da indústria brasileira.

A ação foi realizada por meio de uma parceria com a Agência de Desenvolvimento e Cooperação de Luxemburgo (LuxDev) para fomentar a disseminação da cultura de educação voltada para as necessidades da indústria, em países emergentes, com base em práticas e sistemas que são referência.

O gerente de Inovação, Talentos e Gestão do Sistema FIEP, Filipe Cassapo, presente no encontro, destacou que o sistema indústria brasileiro é reconhecido em todo o mundo e, consequentemente, se torna referência internacional. ?Os nossos modelos de gestão, e a qualidade das nossas práticas transformam, fortalecem a indústria para melhorar a vida das pessoas, e geram, portanto, interesse por parte de diversos países. Queremos dessa forma colocar a indústria no centro do desenvolvimento?, explica.

Cassapo ainda reforça que, além da qualidade de gestão, o objetivo é incentivar uma liderança transformadora, inspirar pessoas e valorizar a segurança e respeito à vida. ?Além de apresentar e debater questões econômicas e de infraestrutura, também levantamos questões de desenvolvimento social, ressaltando a importância da qualidade de vida e bem-estar do trabalhador?.

FUTURO - Em 2018 será elaborado em parceria com a Agência LuxDev um novo plano de trabalho, incluindo um estudo que será referência para nortear a continuação do projeto. Toda a pesquisa e execução envolve a articulação do Sistema FIEP, Confederação Nacional das Indústrias (CNI), e a LuxDev. Em relação aos resultados já obtidos, Filipe Cassapo explica que foram percebidos resultados imediatos, porém a expectativa é a de que ao longo dos próximos cinco anos, possam ser desenvolvidas novas atividades, e gerados resultados ainda mais transformadores.

Conteúdos Relacionados


5 frases de especialistas para entender o cenário da educação profissional
O que esperar da Indústria 4.0?

empreendedorismo inovador Empreendedorismo se aprende na escola, sim!

CARREGANDO...

Senai   Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Paraná)   Direitos Reservados
Av. Cândido de Abreu, 200   Centro Cívico   80530-902   Curitiba   PR