• HOME
  • >
  • Notícias
  • >
  • Especialistas explicam como vai funcionar a Indústria 4.0

Envie para seus amigos

Verifique os campos abaixo!






Comunicar Erro

Verifique os campos abaixo!




Futuro próximo25/11/2016

Especialistas explicam como vai funcionar a Indústria 4.0

A Quarta Revolução industrial chegou para ficar. Sua empresa está preparada para aproveitar todos os benefícios dela?

Máquinas que se comunicam entre si, funcionários altamente especializados e produtos customizados até os pormenores. O que parece uma fábrica da ficção já é a realidade de empresas que estão investindo em tecnologias ligadas à Indústria 4.0. A Quarta Revolução Industrial veio para trazer um salto em produtividade, ao reduzir custos e acrescentar mais qualidade ao produto a partir de uma integração completa entre o físico e o virtual.

Três especialistas falaram sobre o assunto e elencaram as principais características da Indústria 4.0: Paulo Villiger Rosa, consultor de Aplicações e Innovation Driver da divisão Didactic da Festo Brasil; Mozarte Reck, gerente de funções técnicas da Bosch Diesel Systems; e Filipe Cassapo, gerente do Senai Centro Internacional de Inovação.

Conectividade

A interconexão entre peças, máquinas, tecnologias, cadeia de suprimentos e logística vai revolucionar a forma como são gerados produtos e serviços. O ambiente totalmente conectado através de sistema ciberfísicos (como sensores e atuadores inteligentes), que trocam dados em tempo real e formam sistemas amplos, propiciará a conexão entre o "mundo real" (máquinas, processos, materiais) e "mundo virtual" (dados), permitindo uma melhor gestão da cadeia.

A produção inteligente vai conectar todas as partes do processo. Por exemplo, o processo de logística é automatizado de acordo com a produção e a fabricação com a compra de matérias-primas. Mas a interconexão não é só interna: a produção multi-atores, na qual todas as partes interessadas do negócio (como empresas parceiras e clientes) estão integradas. Associada a isso, está a produção flexível, modular e enxuta, que se adapta rapidamente a novas demandas.

Tecnologia de ponta

Em termos processuais, as principais tecnologias mobilizadas na Indústria 4.0 são: a virtualização e simulação do processo produtivo, a internet das coisas, a prototipação rápida em 3D, a integração virtual de cadeias em tempo real e a mineração de dados em Big Data.

Aumento da produtividade

Para os industriais, o principal resultado do uso dessas tecnologias em conjunto é o aumento da produtividade. É produzida uma maior quantidade de bens, com uso de menos recursos (ou seja, de forma mais sustentável), a custos inferiores e com qualidade superior.

Personalização dos produtos

As vantagens também atingem o consumidor, que tem nas mãos um produto com custo menor, qualidade superior, individualizado e com previsão de reciclagem. Além disso, os custos de produção personalizados também serão reduzidos, pois as empresas irão trabalhar numa rede que irá otimizar não apenas uma etapa de produção, mas toda a cadeia de valor.

Profissional mais valorizado

Com a onda de mudanças, quem trabalha na indústria ganha a oportunidade de ser um colaborador com mais valor agregado. Além de qualificação, será exigido desse profissional alta capacidade de adaptação à novas tecnologias e à convivência entre homens e máquinas e raciocínio rápido para acompanhar as demandas de customização.

Conheça as soluções do Senai para a sua empresa se destacar no mercado.

Senai   Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Paraná)   Direitos Reservados
Av. Cândido de Abreu, 200   Centro Cívico   80530-902   Curitiba   PR